O Irró

Info Geral

A História da Intervenção

É no 1º domingo a seguir à Páscoa que se celebra em Vila Franca do Campo a festa em honra de São Pedro Gonçalves, santo padroeiro dos homens do mar: marujos, pescadores e barqueiros.

·A festa é popularmente conhecida por “IRRÓ”, analogia à palavra URRA, o grito dado pelos pescadores quando puxavam os barcos avenida acima, sem os auxílios mecânicos dos quais dispõem hoje em dia, para os preparativos para a festa.

 

·Na avenida Vasco da Silveira são apresentados os barcos de pesca, ornamentados com luzes e bandeirolas, enfeitando-se toda a rua até à Ermida de Santa Catarina, onde se encontra a imagem do Santo e local de onde sai a procissão com a imagem até à Igreja Matriz, onde se realiza a missa solene da festividade.

·Para o povo de Vila Franca a festa do Irró marca o inicio das festividades de Verão, juntando-se naquela avenida toda a comunidade para a homenagem e celebração do padroeiro dos homens do mar.

A História da Obra

Workshops

Abertos à comunidade, totalmente isentos de custos e burocracias, os nossos workshops visam educar não só para a prática artística como para a prática de expressão emocional, participação comunitária, e desenvolvimento pessoal.

 

Nesta intervenção realizou-se 3 sessões de workshops:

    • 1º No estúdio: “Expressão artística”
  • 2º Aberto à comunidade: “Pintura mural”
  • 3º Protocolados: CDIJ Pedra Segura

Embora com temáticas e técnicas diferentes, as várias sessões mantêm em comum o seu intuito de base: aprendizagem de técnicas de pintura, desenvolvimento de competências individuais, tais como a confiança e persistência, promoção e contacto com públicos e experiências novas, inclusão na comunidade.

Localização

Porto de Pescas de Vila Franca do Campo

Galerias

Making off Video

Videos